sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

TopTop: Retrospectiva 2010!

Olá!
Sim, no último dia do ano presenteio vocês com a minha retrospectiva. Ideia adaptada da , afinal esse ano foi especial (rimou!)...

Já desejo adiantado um 2011 fenomenal pra vocês - sim, ano que vem as coisas vão acontecer. Esperem!

2010 passou... 1 ano de blog, de receitas, de desabafos, de amizades. Venho aqui relembrar vocês de alguns momentos! Também dando crédito ao marido que me ajudou a montar as fotinhas!

Vamos primeiro, as receitas.




(Obs: As fotos e os links serão postados/arrumados novamente em breve)




Toptop 10 melhores receitas de 2010.

Foi difícil escolher as melhores, e pedi ajuda pro meu querido marido. Foram tantas coisas, doces, docinhos, bolinhos, cupcakes, muffins e brownies, mas acho que consegui resumir as coisas que mais me deram água na boca esse ano.

1.Cheesecake de baunilha com geleia de amora: eu nunca vi meu marido falar "ai que delícia" tantas vezes. Sobremesa especial que foi aprovada inclusive por algumas outras cobaias num feriadão de novembro. AMEI.
2. Pavé au Giowander: fica em segundo pois é a sobremesa que meu marido mais ama. Mas eu ainda acho que o Cheesecake tá pau a pau. Receita da sogrinha que consegui reproduzir pra levar num almoço entre amigos. Também foi um sucesso.
3. Crème Brûlée de eggnogg: receita novinha, mas o sabor ficou tão bom, mas tão bom, que entra aqui. Feita para um dos meus jantares com um outro grupo de amigas e dedicada também ao aniversário de outra! 
4. Cupcakes de framboesa: dedicada a minha querida Roberta, na opinião do Gio o melhor cupcake que eu fiz - na minha ainda não foi, mas 2011 tá aí pra eu testar outras receitas!
5. Hamburguer caseiro: toda vez que compro carne moída o Gio quer porque quer esses hamburgueres. Receita adaptada do Gordon Ramsey, foi um sucesso de lanche entre família!
6. Brownies de Doce de Leite: receita feita duas vezes para jantares entre amigos e um sucesso! Suculenta, quentinha e nem um pouco enjoativa, essa receita da Paty é maravilhosa. Fica ótima com sorvete de creme. Passei pra May pra ela fazer pro maridão. Quero experimentar!
7. Bolo branco com recheio duplo e cobertura de merengue: O bolo de niver do marido não podia ficar de fora. Qualquer receita que vou fazer de qualquer outro bolo, ele pede pra eu fazer esse. Quer dizer que ficou ótimo!
8. Cookies fabulosos de cacau e nozes: nesse TopTop tinha que entrar um cookie. E esse foi o melhor disparado. Receita repetida agora pro Natal. Uma delícia, crocante, fresquinho e mega fácil de fazer.
9. O melhor brigadeiro do mundo: essa receita me fez mudar todo o conceito de um brigadeiro bom. Por isso que entra aqui. Brigadeiro é brigadeiro.
10. Bolinhos de limão merengados assados em xícaras: esse "cake in a cup" foi especial pois deu um fim na minha fracassada Lemon Curd. Uma delicinha, azedinha e ótima servida quente. Reciclar é preciso!


TopTop realizações: em 2010 eu...

1. ...fiz 1 ano de casada! Sim, 1 ano se passou. 1 ano de compreensão, discussões, mas muito muito amor. Não tenho dúvida de que sou feliz e amo muito o marido ao meu lado!
2. ... fui a muitos casamentos. May e Dú, Naiane e Fábio entre outros que não postei (Camila e Fred, Luciana e Lucas). Curti muito, dancei, comi, bebi, dei muita risada e fiquei muito feliz de ver contos de fada se realizando, vida a dois sendo contruídas, tudo que desejo de bom pra esses casais!
3. ... fiz novas amizades e fortaleci as antigas. Como se meu círculo de amigos não fosse grande o bastante, ainda conheci gente nova, tudo via internet, amigas verdadeiras que vão ficar pro resto da minha vida. Pesseguinhas, porks e crime fighters, essa é pra vocês. Amo muito. Também, dedicado à amizade, recebi minhas primeiras hóspedes em casa. E foi um feriado maravilhoso, com duas queridas que considero irmãs. Obrigada Ju e Déia por um fim de semana diferente, cheio de risadas, passeios e mágicas!
4. ... comprei meu ingresso pro show do Roxette! Nem acredito até agora. Entro em êxtase toda vez que penso nisso!
5. ... ganhei minha batedeira KitchenAid. Sim, ela ainda não está aqui, mas foi de presente de Natal então entra em 2010. Tudo pra começar my business! Esperem receitas ótimas pro ano que vem.

É isso... o que eu quero pra 2011 agora? Dirigir! O carro, minha vida, minha cozinha...

Beijos, Liv.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Aniversário de 1 ano do blog (atrasado): Nuvenzinhas de limão siciliano



Gente eu bobeei. Acabei de ver a data do primeiro post e foi dia 16.12.09. Jurava que foi na última semana do ano, e estava tranquila com o aniversário do blog! Mas esse erro vai ser compensado com uma receita bônus com meu novo ingrediente favorito: limão siciliano. Até serve pois eu fiz por esses dias 16 ou 18 pra chegada da irmã pro Natal! Inconsciente funcionou!

Aprovada pela família, a receita foi um sucesso e é muito fácil de fazer! Ótimo pra acompanhar um chá ou lanche da tarde.

Beijos


Nuvenzinhas de limão siciliano

Ingredientes:

- xícara medidora de 240ml
  
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
¾ xícara de amido de milho
4 colheres (chá) de fermento em pó
1/8 colher (chá) de sal
8 colheres (sopa) – 113g – de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (140g) de açúcar de confeiteiro
2 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (chá) de suco de limão siciliano
1 colher (chá) de raspas de casca de limão siciliano


Método:

- Pré-aqueça o forno a 160°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
1. Peneire a farinha de trigo, o amido, o fermento e o sal numa tigela. Reserve.
2. Na tigela grande da batedeira, misture a manteiga e o açúcar de confeiteiro e comece batendo em velocidade baixa, com o batedor em formato de pá, até incorporar bem. Aumente para a velocidade média e continue batendo até obter uma mistura clara e leve, cerca de 2 minutos.
3. Junte os ovos, um a um, batendo – a massa pode parecer talhada, mas não tem problema. Junte o suco e as raspas de limão. Volte a batedeira para a velocidade baixa e junte os ingredientes secos reservados. Remova a tigela da batedeira e dê algumas boas misturadas com uma espátula de silicone para formar uma massa homogênea.
4. Faça bolinhas com porções de 1 colher (chá) cheia de massa e coloque nas formas preparadas, deixando 5cm de espaço entre uma e outra. Depois de formatar todos os cookies, aperte cada bolinha levemente com um garfo enfarinhado em direções opostas, dando um efeito quadriculado. Asse até que eles espalhem levemente e dourem, cerca de 20 minutos. Retire do forno e escorregue o papel manteiga para uma gradinha. 5. Deixe os cookies esfriarem completamente.

Rend.: 48 biscoitinhos miúdos – fiz metade da receita acima e ainda assim consegui 22 biscoitinhos médios.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Pudim de panettone, chocolate e porto



Queridos! Essa é a última (ufa) receita que posto esse ano, e a última de Natal - pois é cozinhei pra caramba e dezembro inteiro ficou com posts natalinos.
Os próximos posts serão pessoais - talvez um ou dois somente, avaliando esse 2010 que foi maravilhoso.
Espero que todos tenham passado um Natal perfeito e mesmo estando corrida, e não conseguindo ligar/mandar email pra dar sinal de vida, sintam-se abraçados e beijados, pois amo cada um de vocês.
Sobre a receita: facinho de fazer e um sucesso. Apesar de recomendada morna, meu cunhado disse que adorou ela gelada, o sabor do creme fica mais acentuado.
Um beijo.


Pudim de panettone, chocolate e porto

Ingredientes:

- xícara medidora de 240ml

1 panettone de frutas de 1 kg ou 2 panettones de 500 gramas
3 xícaras + 2 colheres (sopa) - 750ml -  leite
3 xícaras + 2 colheres (sopa) - 750ml -  de creme de leite fresco
5 ovos
¾ de xícara  (135g) de açúcar
2 colheres de sopa (30ml) de baunilha
180g de chocolate meio amargo (eu gosto do chocolate Garoto Cacau 55%)
¼ copo de vinho do Porto (opcional, não usei)

Método:

1. Corte o panettones em fatias de aproximadamente 1 cm, e corte essas fatias em 2. Disponha todas as fatias se sobrepondo um pouco umas nas outras, num pirex grande (24 cm x 35 cm). Regue tudo com metade do vinho do Porto.
2. Pique o chocolate em pedaços bem pequenos e ponha por cima das fatias de panettone. Reserve.
3. Numa panela media, ponha o leite e o creme de leite e leve ao fogo médio. Na vasilha da batedeira (ou a mão, com um fouet), bata os ovos com o açúcar por 2 ou 3 minutos. Adicione um pouco do creme de leite quente para esquentar as gemas e estas não cozinharem na hora que derramar o creme todo. Entorne então todo o creme de leite quente nos ovos. Adicione a baunilha e restante do vinho do Porto.
4. Entorne o creme em cima das fatias de panettone, bem devagar. Aperte levemente com os dedos para encharcar bem as fatias de panettone. Deixe repousar por 30 minutos.
5. Pré-aqueça o forno a 180º C; leve o pirex ao forno por 35-40 minutos. O pudim tem de estar levemente dourado e uma faca sair úmida do centro, porem não molhada. Sirva morno.

Rend. Serve 15 pessoas.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Bolo clássico de Natal da família W.



Não tenho muito o que dizer hoje, apenas FELIZ NATAL!!! Obrigada pelas visitas, pelos comentários e desejo a todos um ótimo fim de ano! Amigas, leitores, blogueiras, família que sejam todos abençoados! Presenteio vocês com uma receita que está na família a anos e eu tive a honra de prepará-la especialmente pra noite de ontem. Hoje também seria aniver do meu querido avô, patriarca do lado do meu pai. Parabéns querido e comemore muito onde estiver!

Beijos cheios de floquinhos de neve! 


Bolo clássico de Natal da família W.
receita da vovó Ida*

Ingredientes:

Massa
300g de manteiga
350g de açúcar
250g de farinha de trigo
6 ovos - separadas gemas e claras
100g de avelãs
100g de nozes
100g de uvas passas brancas
100g de abacaxi cristalizado
100g de laranja cristalizada
250g de ameixa em calda sem caroço
1 colher (sopa) de fermento em pó

Recheio/Cobertura
250g de ameixa em calda sem caroço picada
300ml da calda da lata da ameixa
8 gemas
150g de nozes moídas

Nozes, cerejas e fios de ovos para decorar - a quantidade vai depender de você!

Método:

1. Você vai preparar o bolo um dia antes do recheio/cobertura. Use uma fôrma redonda com fundo removível de 23cm de diâmetro. Unte o fundo com maneiga, encaixe o fundo dela com o papel manteiga grudado (ou você pode recortar, mas eu preferi assim, afinal fica mais fácil pra desenformar) e unte o papel + resto da fôrma com manteiga e farinha.
2. Todas as nozes/nuts são cruas. Antes de começar o processo, piquei grosseiramente as frutas cristalizadas e moí no processador as nozes e as avelãs.
3. Não recomendo fazer esse bolo sem uma batedeira planetária/Kitchen Aid pois a quantidade da massa é enorme e muito pesada devido aos ingredientes secos. Com relação as medidas, se você não tem uma balancinha, aqui no TK tem umas dicas boas da quantidade peso/xícara enquanto ainda não tive tempo de fazer minha página sobre isso.
4. Vamos lá: na tigela grande da batedeira, com o batedor em formato de pá, bata em velocidade média a manteiga com o açúcar** até obter um creme claro e fofo. Adicione as gemas uma a uma - se der, uma das minhas quebrou e levava outra junto, mas divida essa adição - e bata bem até incorporar até adicionar outra.
5. Com a batederia ligada, adicione aos poucos as nozes, as avelãs, as frutas cruistalizadas, as passas e as ameixas até incorporar os ingredientes.
6. Por último adicione a farinha e o fermento peneirados aos poucos - fiz em 3 adições - e bata até obter uma massa homogênea - mais ou menos pois nesse estágio a massa está pesada e seca, você talvez tenha até que aumentar a velocidade da batedeira. Eu aumentei. Reserve essa massa e aproveite e pré aqueça o forno a 180°C.
7. Em uma outra tigela, bata as claras em neve até obter picos firmes e adicione na massa com uma colher de pau e com movimentos envolventes - a massa é pesada. 
8. Ditribua a massa na fôrma preparada e asse em forno pré aquecido durante 1 hora ou até que, com o teste do palito o centro do bolo esteja seco. Ele é um bolo pesado, e por mais que a 30 minutos de forno você ache que ele esteja pronto, ele demora isso mesmo. Tive que ajustar a temperatura por várias vezes com medo de queimar, na dúvida após uns 40 minutos, fique de olho - fiz uns 4 testes de palito e meu bolo demorou 1 hora e 15 mais ou menos.
9. Quando estiver pronto - você vai achar que o bolo passou do ponto, mas não, ele é um bolo escuro, denso, não se preocupe - espere esfriar um pouco (cerca de 1 hora) e desenforme, coloque numa gradinha, espere esfriar completamente. Transfira para um prato, cubra com papel filme e reserve até o dia seguinte. Minha vó recomenda a geladeira, mas eu deixei em cima do fogão, afinal não está tão calor esses dias.
10. Se estiver ainda no pique, moa as nozes e pique as ameixas - eu as joguei no processador - e reserve pra usar no recheio.
11. Prepare o recheio/cobertura: em uma panelinha coloque a calda, as gemas e as ameixas e cozinhe até os incorporar, misturando sempre em fogo médio/baixo. Coloque por último as nozes moídas e mexa até engrossar e cobrir as costas de uma colher de pau. Ele fica gorsso, cor de brigadeiro.
12. Monte o bolo: com uma faca serrada, corte o bolo no meio, coloque metade do creme de nozes como recheio (usei cerca de 1/3) e use o resto para cobrir o bolo e as laterais.

Rend. 10 porções generosas

*como vocês perceberam, ele é um bolo um pouco chato de fazer, por isso quis um post detalhado ao máximo. Leva muitos ingredientes e reservei um dia inteiro para prepara-lo com calma. Minha irmã estava aqui e nos divertimos muito na cozinha. Se você não tem a batedeira planetária, vai ter uma hora que você tem que bater na mão ou misturar com a colher de pau. Força pra queimar as calorias de quando você for comer essa delicia! Minha vó trouxe de São Paulo as frutas cristalizadas pois aqui em Campinas só achei aquele mix com todas, e só vão a laranja e o abacaxi. E todos aprovaram o gosto! Eeeeeeeeee!!! A única coisa ruim foi não conseguir tirar uma foto decente do pedaço. Enfim, logo meu sonho de máquina terá chegado! =D

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Crème Brûlée de eggnog pro aniversário da Aninha



Gente não reparem a overdose de posts. Dezembro é corrido assim mesmo, além das festas, Natal, comemorações e celebrações eu tenho 2 aniversários praticamente seguidinhos. E eu também inventei de testar o máximo minhas capacidades culinárias, e ao mesmo tempo tenho que tirar o atraso da semana passada (e porque o blog precisava de uma receita sem ser chocolate!)





Então, sem mais delongas este post também não deixa de ser especial! Aninha é minha amiga queridíssima carioca, faz 14 anos que a gente se conhece, ela sempre me apoio, me ouviu quando precisava desabafar, me aguentou nas minhas crises, falou verdades, rimos muito, tivemos nossas histórias e eu desejo também tudo o que a vida possa te dar de melhor, muito amor, sucesso, paciência (capricorniana é f$%¨&). Mais um aniver espero muito bem comemorado, e então deixo aqui um beijo enorme cheio de saudades!


 Crème Brûlée de eggnog

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes: 

2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco
2 paus de canela
2 colheres (sopa) de conhaque
1 fava de baunilha
5 gemas
¼ xícara + ½ colher (sopa) - 56g - de açúcar refinado
1/3 xícara (66g) de açúcar refinado, extra

Método:

- Pré-aqueça o forno a 150°C. 

1. Coloque o creme de leite, os paus de canela e o conhaque numa panela; com a ponta de uma faca, abra a fava de baunilha no sentido do comprimento, raspe as sementinhas com as costas da faca e adicione tanto as sementes quanto a fava à panela. Leve ao fogo médio até que a mistura comece a ferver.
2. Coloque as gemas e o açúcar numa tigela e misture bem com um fuê. Retire a fava de baunilha e os paus de canela da mistura líquida e vá derramando-a aos poucos sobre as gemas, mexendo continuadamente para evitar que as gemas cozinhem.
3. Retorne tudo à panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, por 6-8 minutos ou até que a mistura engrosse e cubra as costas de uma colher de pau – não deixe ferver. Divida o creme entre quatro potinhos refratários com capacidade para ½ xícara (120ml) cada e coloque-as dentro de uma assadeira de beiradas altas. Encha a assadeira com água fervente até que esta chegue à metade dos potinhos e leve ao forno por 15-20 minutos ou até o creme firmar. Retire do forno, deixe esfriar completamente e leve à geladeira por 2 horas ou até que o creme termine de firmar.
4. Cubra cada potinho com o açúcar extra e use um maçarico culinário para caramelizá-lo; como alternativa, aqueça bem uma colher na chama do fogão e passe-a delicadamente sobre o açúcar, até caramelizá-lo*.

* a colher pode ficar manchada permanentemente.

Rend.: 4 porções - fiz 1 receita e meia e consegui 7, usando ramekins com capacidade para 1/2 xícara (120ml)

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Trufas de chocolate, avelãs e canela para o amigo secreto das #Gubler Girls!



O que não poderia faltar em uma revelação de amigo secreto? Presente! E como Natal é época de vários amigos-secretos, até virtual das minhas queridas amigas fãs de Criminal Minds - especial as #GublerGirls - estou aqui dando esse post de presente para a minha querida amiga...

Hum... antes você tem que descrever a pessoa né? 

Bom, eu não a conheço pessoalmente mas ela é demais. Solícita, amiga de todos, super fã de Criminal Minds tomou conta do pedaço quando deram um chega pra lá no elenco. Adora animais - pelo seu template do twitter - e adora Harry Potter também. Foi ver o filme na pré estréia e assim como eu, chorou! Não é tanto uma Gubler Girl, mas sei que adora o Spence. Só tem um defeitinho... podia ser são paulina kkkk. Adoraria dar um abraço bem apertado e dizer que.......






(Espaço pra quando a gente se conhecer pessoalmente, colocar uma foto nossa! =D)






@love_sil você é minha amiga secreta!

Desejo muito amor, que você aproveite as festas com a família, com a sua vozinha que sempre está presente na sua vida, um Natal cheio de saúde, muita comilança e presentes!

Bom, agora a minha surpresa: não faço idéia se você gosta de avelãs, mas espero que goste dessa receitinha e se der pra fazer, me conta! =D

Um beijo enorme!!




 Trufas de chocolate, avelãs e canela

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

450g de chocolate amargo* (70% cacau), picadinho
1 ¼ xícaras (300ml) de creme de leite fresco
1 colher (chá) de canela em pó
40 avelãs tostadas**
1 xícara (90g) de cacau em pó, sem adição de açúcar

Método:

1. Coloque o chocolate, o creme de leite e a canela numa panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até o chocolate derreter e a mistura ficar brilhante e homogênea.
2. Despeje numa tigela com capacidade para 1 litro, levemente untada com manteiga, e deixe esfriar. Cubra com filme PVC e leve à geladeira por 4 horas ou até que esteja firme o suficiente para enrolar.
3. Forme bolinhas com 1 colher (chá) cheia de ganache, coloque 1 avelã inteira no centro e enrole novamente para encapá-la – as bolinhas não devem ser perfeitamente redondas, e sim irregulares, para lembrar trufas.
4. Coloque o cacau em pó numa travessa e passe as trufinhas por ele.

* usei meio amargo, 55% de cacau e não sei se for por isso  ou pelo calor insuportável, mas pra fazer as bolinhas tive que colocar uns 30 minutos antes no congelador, pois o chocolate derretia tudo quando tentava moldar as trufinhas. Depois de prontas coloquei mais 30 minutos e aí sim elas firmaram. Mas era só tirar da geladeira que derretia tudinovo!
**coloque as avelãs numa assadeira e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 5 minutos ou até que dourem levemente. Transfira as avelãs quentes para um pano de prato limpo e seco, dobre-o para cobrir as avelãs e então esfregue vigorosamente para retirar a pele.

Rend.: 40 unidades – fiz metade da receita e consegui 20 trufas

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Gâteau au chocolat para o aniversário da Taty



Pessoas especiais precisam de receitas especiais. Receitas especiais para pessoas especiais exigem tempo, preparação e muito carinho!
Bom, vocês também já perceberam que eu não sou muito boa em cumprir roteiros. 
Sim, a receita não é mais essa, mas confesso que por mais que eu amo ir pra cozinha, estava insegura por não ter cara de Bolo de Aniversário. E ser MUITO perfeccionista é um dos meus defeitos. Fucei nos meus poucos livros de culinária e no TK, selecionando algumas, mas quem daria a palavra final era a aniversariante!
E foi isso que ela fez!!! Chocolate cake, Gâteau au Chocolat, bolo de chocolate here I come!



Agora sem mais delongas, o que dizer dessa minha amiga? Não tenho palavras pra descrever tanto tempo de amizade, carinho e cumplicidade!!! Sim já tivemos brigas, já demos muitas risadas, já ficamos bêbadas, já dançamos muito! É muito amor!!! Obrigada Taty! Obrigada por tudo! Pelos momentos que passamos, pelos conselhos, pelas caronas, pelas broncas, e principalmente por ser minha amiga!!! Minha vida não seria completa sem você! E espero que você consiga realizar todos os seus sonhos, que continue sendo essa pessoa maravilhosa que é, pois você merece muita, mas muita coisa boa! Com certeza seu caminho será iluminado! Um feliz niver! E depois você me conta aqui o que achou do bolo!!!

Beijos!

Gâteau au chocolat para o aniversário da Taty
adaptada um tico do livro Famosas Sobremesas Francesas. Cobertura do TK

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

Bolo
1/2 xícara + 3 e 1/2 colheres (sopa) -160g - de manteiga sem sal amolecida
1/2 xícara + 1/4 de xícara cheia -160g -  de açúcar refinado
4 ovos - separados
200g de chocolate meio amargo
20g de cacau em pó sem açúcar
1/2 xícara (60g) de maizena

Cobertura de chantilly de chocolate:
2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco
3 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
½ xícara (45g) de cacau em pó + um pouquinho extra para polvilhar

Método:

- Pré aqueça o forno a 180°C.
- Unte com manteiga e farinha uma forma de fundo removível de 22cm* de diâmetro.

1. Na tigela da batedeira, usando o batedor em formato de pá (sim, tô usando a planetária da cunhada!) bata a manteiga e metade do açúcar até formar um creme claro e fofo, cerca de 5 minutos em velocidade média.
2. Adicione as gemas e continue a bater até ficar uma mistura homogênea e sem gumos.
3. Enquanto isso derreta o chocolate meio amargo em banho maria, ou no microondas em intervalos de 30seg sempre misturando para não queimar.
4. Adicione o chocolate derretido + o cacau e continue a bater até a mistura ficar homogênea. 
5. Desligue a batedeira e adicione a maizena misturando tudo com uma espátula de silicone.
5. Em uma outra tigela bata as claras em neve até obter picos firmes. Adicione o resto do açúcar ainda batendo até obter um merengue liso. Despeje o merengue a colheiradas e incorpore na massa fazendo movimentos delicados e envolventes.
7. Transfira a massa para a forma untada e asse em forno pré aquecido durante 25-30 minutos ou até inserir um palito no centro e ele sair seco (o meu demorou 45 minutos).
8. Para a cobertura, junte o creme de leite, o açúcar e o cacau em uma tigela não-metálica e bata até que picos suaves se formem. Espalhe a cobertura sobre o bolo com uma espátula e polvilhe com um pouquinho de cacau.

Rend. 10 porções.

*sobre a receita: usei uma forma de 23cm, segui todas as intruções da receita, mas esse bolo não desenforma sem ser uma forma com fundo removível. A receita não pedia essa. O bolo é leve, bem aerado e até mucha um pouco  quando esfria por não levar fermento e quase nada de farinha/maizena. Achei que uma cobertura de ganache seria pesada demais. Infelizmente ele ficou sim, com cara de bolo do Carrefour mas estava muito, muito bom! Só a foto do livro que engana bem. Duvido que 1cm de forma mude TANTO o tamanho dele.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Cookies fabulosos de cacau, pecãs e gotas de chocolate



Promessa é dívida! =D
Fiz de novo essa receita por ser simples e todo mundo acha que você teve um trabalhão. Achei as pecãs (achei que o gosto dela seria mais acentuado ou saboroso do que as nozes normais, mas confesso que não percebi!) e tirei um pouco da medida e coloquei gotas de chocolate. 

Minha única decepção (ou eu sou muito exigente?)  foi a lojinha especializada em doces aqui perto de casa vender chocolate hidrogenado como se fosse chocolate de verdade! Eu feliz da vida de ter achado gotinhas, mas que na verdade tem aquele gosto horrível de guarda-chuvinha da infância. UGH! Graças a Deus não dá pra notar esse sabor - senão teria estragado a fama desses cookies! Que foram aprovados pela minha gym teacher, meu querido amigo David e meu cunhado que ganharam um saquinho cheio deles de presente!

Beijos

Cookies fabulosos de cacau, pecãs e gotas de chocolate

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes

1 xícara de pecãs
1/2 xícara de gotas de chocolate ao leite
2 xícaras de açúcar de confeiteiro
1/3 xícara de cacau em pó, sem adição de açúcar
1/8 de colher (chá) de sal
2 claras grandes
1/2 colher (sopa) de extrato de baunilha

Método

1. Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
2. Espalhe as pecãs numa outra assadeira e toste-as no forno por alguns minutos. Deixe esfriar e pique grosseiramente.
3. Numa tigela grande, peneire o açúcar de confeiteiro, o cacau e o sal. Junte as pecãs , as gotas de chocolate e em seguida as claras e a baunilha, misturando bem.
4. Coloque colheradas de massa nas formas preparadas – cerca de 1 colher (sopa) cada – deixando um bom espaço entre uma e outra.
5. Asse por 9-11 minutos – os cookies vão esparramar, estufar, rachar no topo, ficar brilhantes e depois opacos. Retire do forno e, com jeitinho, transfira o papel manteiga para uma gradinha e deixe os cookies esfriarem completamente antes de tira-los com ajuda de uma espátula.
Rend. 20 cookies grandes.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Geleia de cereja e uma justificativa



 Queridas e queridos leitores! Estou de volta! Desculpem a ausência, foi devido a problemas pessoais na família mas agora está tudo bem! Aguardem mais receitas deliciosas pro Natal - vou tentar tirar o atraso então terei posts praticamente diários!

Como nessa vida nada deve ser complicado segue uma receitinha fácil e com a fruta da estação pro Natal: cerejas! Pra passar no pão ou usar em tortas e cupcakes na manhã do dia 25!

Beijos

Geleia de cereja
(sem acento! * Maldita nova regra ortográfica! =S)

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

300g de cerejas lavadas, sem cabinhos, sem caroços e picadas grosseiramente - usei cerejas fescas, o Gio me ajudou tirar caroço por caroço e as pesei sem (sim! agora tenho uma balancinha!!! =D)
1 xícara e 1/2 xícaras (300g) de açúcar refinado
Suco de 1 limão taiti

Método:

1. Em uma panela média coloque os ingredientes e cozinhe em fogo médio baixo até o açúcar derreter, sair toda a espuma, criar uma cor vinho arroxeada maravilhosa e der o ponto - massa mais pesada, bem consistência de geléia mesmo. Essa eu acertei certinho!
2. Usando as dicas da Ana Elisa, coloquei toda a mistura num vidrinho comum esterelizado - 10 minutos no forno a 180°C - dentro de uma assadeira pra não cair né?

Rend. 1 vidro (daqueles de geleia, doce de leite) cheio.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Bolinhas de neve de laranja e nozes



Obrigada a todos pelos elogios ao meu novo corte de cabelo, estou super feliz e é bem mais prático para encarar o verão! Como esses biscoitinhos: leves, gostosos e vai muito bem com um cafezinho e são facílimos de fazer! Mesmo os não adeptos de nozes o gosto é sutil e você quase não percebe - eu falaria que dá pra comer numa boa. Fiz agora e farei de novo pro natal de tão prático!E nada como uma "nevezinha" pra refrescar esse calor!

Beijos

Bolinhas de neve de laranja e nozes

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

250g de manteiga sem sal, amolecida
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 xícara (105g) de nozes, finamente picadas
raspas da casca de 1 laranja grande
2 ½ xícaras + 2 ½ colheres (sopa) - 375g - de farinha de trigo, peneirada
açúcar de confeiteiro extra, para polvilhar


Método:

1. Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Coloque a manteiga e o açúcar na tigela grande da batedeira e bata por 10-15 minutos ou até obter uma mistura bem clara e cremosa. Junte as nozes, as raspas de laranja e a farinha e bata em velocidade baixa até incorporar.
2. Faça bolinhas com 2 colheres (chá) cheias de massa e coloque nas assadeiras preparadas, deixando 5m de espaço entre uma e outra. Achate cada bolinha levemente e leve ao forno por 10-12 minutos ou até que comecem a dourar.
3. Deixe esfriar por 5 minutos e então passe os cookies pelo açúcar de confeiteiro extra.

Rend.: 55 unidades – fiz meia receita e consegui 20.
 

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A pedidos: my new hair!!!


 Agorinha...


Gente não reparem na foto tosca ta?? Tô com dor de garganta então fiz um make básico só pra não sair com cara de fantasma!!!

Tem o antes e o depois! Melhorou muito não?


 E a última vez que tinha cortado...


Beijos!

Mousse trufado com canela



Só pra dar um toque diferente em algo tão simples! Às vezes é bom mudar. Que o diga foi o meu cabelão que foi embora... Tô com a nuca de fora de novo, eba!

Beijos com sabor de quinta.

Mousse trufado com canela

Ingredientes:

150g de chocolate amargo - 70% de cacau
4 colheres (sopa) de manteiga sem sal gelada em pedacinhos
4 ovos - separados claras e gemas
5 colheres (sopa) de açúcar refinado
1/2 colher (chá) de canela em pó 

Método:

1. Corte o chocolate em pedacinhos (ou use um processador de alimentos, polpa muito o trabalho!) e derreta em banho maria - nunca em contato direto com o fogo. A seguir acrescente a manteiga e misture bem. 
2. Retire do fogo, espere esfriar um pouco e adicione as gemas, mexendo bastante a fim delas não cozinharem até obter uma preparação lisa, sem grumos. Acrescente a canela, e misture.
3. Na batedeira, em velocidade máxima, bata as claras em neve e quando elas chegarem no ponto de picos firmes acrescente o açúcar aos poucos até parar de bater. 
4. Coloque uma colher de sopa à preparação do chocolate e integre com movimentos envolventes. Acrescente mais 2 ou 3 colheres de sopa , sempre mexendo de baixo pra cima.
5. Por último, adicione o restante do merengue e mexa até obter uma mistura uniforme. 
6. Coloque o mousse em taças ou copinhos individuais e leve à geladeira por no mínimo 1 hora. Pode ser decorada com lâminas ou pedacinhos de chocolate, ou com nozes partidas ao meio.

Rendimento: 4 porções.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Trufas de limão siciliano



Lógico que eu preciso começar com algo de limão siciliano! E nunca pensei que fazer trufas era tão, mas tão fácil. Ontem dei uma de louca no supermercado e comprei 2 dúzias de ovos, mais nozes e avelãs, 3 pacotinhos de manteiga e 1 litro de creme de leite fresco... já viram né? Só estou abismada com o sumiço do senhor blanquet de peru... fui já em 3 supermercados e não tem! Só porque eu não consigo comer o normal pois me dá azia - pelo fato de se defumado! Ai que raiva! Bom, chega de falar de dieta: segue a receita desse docinho maravilhoso!

Beijos



Foto da Déia... só pra ver a diferença! =S


Trufas de limão siciliano

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:  

500g de chocolate branco picadinho
raspas da casca de 1 limão siciliano
¼ xícara (60ml) de suco de limão siciliano
1/3 xícara cheia de creme de leite de caixinha*
cacau em pó, sem adição de açúcar, o quanto baste

Método:

1. Coloque o creme de leite em uma panela e adicione as raspas de limão. Leve ao fogo médio até esquentar – não deixe ferver. Desligue o fogo e junte o chocolate de uma só vez, mexendo bem até derreter; a idéia aqui é conseguir creme liso e brilhante. 
2. Adicione o suco de limão, misture bem, transfira para uma tigela de vidro e cubra com filme plástico. Leve à geladeira de um dia para o outro.
3. Faça bolinhas com a massa – não devem ser perfeitamente redondas, e sim irregulares, para lembrar trufas - e passe-as pelo cacau em pó. Coloque em forminhas para docinhos ou num prato e mantenha na geladeira.

Rend.: cerca de 60 trufas de 10g cada

Fiz meia receita e consegui umas 23 trufinhas um pouco maiores.

* usei o creme de leite de caixinha pois não queria ficar com uma garrafinha quase cheia de creme de leite fresco zanzando na geladeira – ia acabar não usando e não gosto nada de jogar comida fora...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Confissões de uma mente culinária: Natal! (update!)


 Imagem do blog da Elza!

Olá queridos! A partir de hoje vou começar os posts oficiais pro Natal. Quer dizer, a partir do próximo post, pois esse é uma introdução!
E vocês não tem idéia da minha lista de doces que eu tenho. Ou melhor: vocês vão saber porque eu vou passar. Ainda vou ter um projeto mais arriscado que será o passo definitivo pra começar o meu negócio. Apesar de determinada, eu sou meio lerda pra tomar a iniciativa mesmo, de botar a mão na massa (trocadilho péssimo, eu sei hehehe). E mesmo passando todo esse tempo em casa pela primeira vez eu não tenho vontade nenhuma de voltar a trabalhar pra alguém. Quero começar mesmo minha Pâtisserie. Quero trabalhar em casa!

Então segue o meu projeto...

Lista dos meus doces devaneios:

Pra dia 24/25 de dezembro: 
Bolo Clássico da Família W. e mais alguma coisa que ainda não sei. 

Pro jantar aqui em casa com as meninas dia 22.12:
Crème Brûlée de Eggnogg 

Pro Niver da Taty dia 20.12:
Torta Suiça 

Pro Natal da família Baumgartner dia 18.12 
80 cupcakes (oO)
20 Floresta Negra
20 Chocolate com Ganache e nozes
20 Baunilha com Buttercream
20 Limão Siciliano com Merengue
Pudim de Panettone 

E só porque é Natal e Natal pede cookies, nozes, frutinhas secas, especiarias (e só porque eu gosto de baking):
(e o repeteco) Cookies fabulosos de cacau e nozes - dessa vez quero usar pecãs!!
Trufinhas de Avelã

domingo, 5 de dezembro de 2010

Bolo de laranja superfácil



Quando comprei o livro "As Ervas na Cozinha" adorei a sua dinâmica, as receitas fáceis e a praticidade. E esse bolo é uma delas! Estilo o meu bolo de cenoura, bate tudo no liquidificador e pronto! Já tinha feito antes, mas alguém esquecida não me mandou as fotos até hoje (rsrsr) que resolvi fazer de novo estreiando as forminhas que minha querida mãe me deu de presente de Natal!

PS: de 50 fotos escolhi essa mas ainda não estou 100% satisfeita com minha decisão...

Beijos

Bolo de laranja superfácil

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

Massa
1 laranja pera com casca e tudo cortada em 4, sem as sementes
1 xícara (240ml) de óleo de girassol
3 ovos
1 1/2 xícara (270g) de açúcar 
2 1/2 xícara (350g) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
Açúcar de confeiteiro polvilhado pra servir ou *vou dar mais duas sugestões*

Cobertura
1 1/4 (175g) de xícara de açúcar de confeiteiro peneirado
50ml de suco de laranja 
Raspas da casca de 1/2 laranja

Calda
1 xícara (240ml) de suco de laranja
1/2 xícara (100g) de açúcar

Método:

- Pré aqueça o forno a 200°C

1. Bata no liquidificador a laranja, os ovos, o óleo e o açúcar até obter um creme homogêneo.
2. Tranfira a mistura para um bowl e adicione aos poucos a farinha com o fermento peneirados, misturando com cuidado pra não deixar nada no fundo.
3. Unte uma assadeira redonda de 25cm* de diâmentro com um furo no meio, com manteiga + farinha, despeje a massa e asse em forno pré aquecido por 30 minutos ou até dourar ligeiramente.
4. Polvilhe um pouco de açúcar de confeiteiro ou faça a cobertura: em uma tgelinha misture o açúcar de confeiteiro peneirado e adicione o suco até obter a consistência ideal, um creme grosso não tão líquido. Passe a cobertura com uma espátula sobre o bolo e salpique raspinhas da laranja pra decorar. Se preferir ainda troque os dois servindo o bolo simples, com a caldinha feita de suco com o açúcar para umidecer.

Rend. 8 a 10 porções

*resolvi fazer o teste: com essa receita consegui fazer 6 mini bolos usando forminhas de bundt cake com a capacidade de 1/3 de xícara (80ml) de massa  (deixando 1 dedo livre para o bolo crescer) + um bolo inteiro com a minha assadeira de 22cm de diâmentro com o furo no meio. Esse bolo cresce muito e da primeira vez que fiz com a Letícia a assadeira dela era maior, por isso dividi um pouco a massa já que não tinha esse tamanho e recomendo a de 25cm.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Risotto de legumes à (mais ou menos) indiana



Quer um prato diferente para o Natal? Esse risotto é muito bom. Tentei adaptar a receita da Ana Elisa com o que eu tinha na cozinha/geladeira/despensa, e o sabor ficou divino. Quebra um pouco o tradicional "arroz branco" da ceia. E é leve, leve. FAÇAM!

Beijos

Risotto de legumes à indiana
adaptado com menos temperos, do La Cucinetta

- xícara medidora de 240ml

Ingredientes:

250g de arroz arbóreo
1 litro de caldo de legumes
1 cebola roxa picada
2 cenouras médias descascadas e fatiadas fino
2 mandioquinhas médias descascadas e fatiadas fino
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 colheres (sopa) de manteiga
1/2 colher (chá) de sementes de cominho - usei cominho em pó
1/2 colher (chá) de noz moscada
1 colh. (sopa) de mel
1/2 xíc. de parmesão ralado
Sal e pimenta-do-reino moída na hora

Método:

1. Coloque a cenoura, o mel, 1 colh. (sopa) de manteiga, uma boa pitada de sal e pimenta-do-reino em uma frigideira. Coloque água suficiente para cobrir e leve à fervura em fogo baixo. Deixe cozinhando, mexendo de vez em quando. Quando a cenoura estiver mais macia mas não totalmente cozida, adicione a mandioquinha pois eles têm tempos de cozimento diferentes. Continue mexendo de vez em quando até que os legumes estejam cozidos e toda a água tenha evaporado.
2. Enquanto isso, aqueça o caldo de legumes em uma panela pequena. Em uma caçarola, aqueça o azeite. Coloque a cebola picada e refogue em fogo médio-baixo até amaciar. Junte o cominho, a noz moscada e mexa bem para cobrir toda a cebola. Refogue por mais uns 2 minutos.
3. Junte o arroz e mexa bem em fogo médio-alto para recobri-lo com os temperos. Junte a primeira concha de caldo e mexa bem para que absorva toda a água. Abaixe o fogo para o mínimo e vá juntando conchas de caldo, mexendo sempre, conforme a água for absorvida, por 15-18 minutos, até que o arroz esteja cozido. Se ele estiver muito seco, junte mais um pouco de caldo antes de prosseguir para a próxima etapa, ou, ao juntar o queijo, o risotto ficará firme demais.
4. Junte os legumes cozidos e misture bem. Desligue o fogo. Misture o restante da manteiga, o queijo ralado, acerte o sal e a pimenta e tampe por uns 5 minutos.
5. Toste um punhado de sementes de gergelim e pique um punhado de coentro e espalhe por cima na hora de servir, se quiser. 

Rend. 2 porções ge-ne-ro-sas.